terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Por não cabê-los, funcionários são demitidos!

Prefeitura de Campina demitirá 4,1 mil servidores até fevereiro! Mais de 4,1 mil servidores estatutários e celetistas, contratados sem concurso público, pela Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG) estão sendo demitidos até fevereiro do próximo ano. A medida é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a Prefeitura e o Ministério Público Estadual.
***
Como diria o comandante do poder executivo do mais importante município do compartimento da Borborema, Vanessa de São José da Mata, na sua retórica simples e objetiva: foi apenas um ajustamento de obscuridade funcional onde os barnabés pré-carta magna necessitaram se alijarem dos benefícios monetários outorgados pelo erário e passaram a habitar a Avenida do Jiló, também conhecida como a rua da amargura.

2 comentários:

Julin D'Adelaidée disse...

Já começou a fuleragem...olhe, eu num sei nao viss...Mané Cabelim vai demitir mais de 4 mil. Agora né? depois que se reelegeu. Mas seu Cássio resolve essa parada. Quem ja trouxe 20 mil de campinenses pra João Pessoa, 4 mil a mais não vai fazer tanta diferença assim. O maranhao só entra mesmo é no C# do contribuinte. To vendo tudo.

Abelardo Rabello disse...

Meu caro Julin! A situação lá em campina tá de Cabeleireiro desconhecer peruca!!! Por isso que no sertão do "Padim", cabeludo tem vez não!