segunda-feira, 4 de maio de 2009

Desculpa de fila da grande!

Agências do BB em João Pessoa registram transtorno! Os transtornos verificados nesta segunda-feira (4) no atendimento de algumas agências do Banco do Brasil, em João Pessoa decorreram de uma soma de fatores que vão desde o retorno da clientela após um feriadão até a grande demanda aos caixas nos primeiros dias de cada mês. A explicação partiu do assessor de imprensa da Superintendência do Banco do Brasil na Paraíba, Fábio Cardoso.
***
Meu Deus do céu se não é este gênio da assessoria de imprensa para conceder esta explicação inédita como poderíamos viver daqui pra frente?
Por favor superintendência este cara merece uma promoção urgente, mandem-no pro México, mas sem máscara, sem luvas e sem Cebion. Contudo a maior fila que se forma em nossos bancos, sejam estatais ou privados, ainda é a de funcionários despreparados.

3 comentários:

PV disse...

Justiça seja feita. O BB não é o único banco a fazer o cliente de palhaço. Todos, sem exceção, usam nosso dinheiro para especular no mercado financeiro, haja vista que
O "spread" (diferença entre os juros pagos pelos bancos na captação de recursos e a taxa aplicada por eles nos empréstimos que concedem) no Brasil é o maior do mundo e 11 vezes o dos países desenvolvidos.
Não bastasse,usam nossa mão de obra gratuitamente quando executamos operações nos chamados terminais de computação(caixas rápidos)e ainda pagamos taxas por tudo, extratos, cheques, transferências de valores etc.
Pagam salários de fome aos funcionários e reduzem cada vez mais o número de bancários nas agências que deveriam atender com rapidez e presteza aos clientes, em flagrante desobediência a Lei que estabelece o tempo mínimo de permanência nas filas.
O curioso disso tudo é que, ano após ano, os índices dos lucros em todos os bancos, oficiais ou privados, estão sempre em crescimento recorde.
Assim, não dá pra ser feliz. Eu detesto!!!! todos os bancos do Brasil. Principalmente aqueles onde estou devendo.

Alberto Pagels disse...

Brasil, mostra a tua cara, quero ver quem paga, pra gente ficar assim!

Desculpem começar como terminei o outro comentário, mas veio numa hora interessante.

As filas no BB são enormes a séculos, no dia do catecismo de Moisés, o pai dele ficou na fila durante 30 minutos para conseguir tirar um empréstimo visando a compra do excelente Cajado para seu filho, aquele mesmo que abre o Mar Vermelho ao meio. Pois bem, o BB desobedece a Lei Municipal desde sua aprovação, tem o maior índice de “saidinhas de banco” do Estado. Principalmente a Agencia 3396-0 que está localizada no Polígono dos Bancos, ali próximo ao Mercado de Artesanato de Tambaú. Espero que o PROCOM faça algo quanto a isso e não fique só indo pra TV e dizendo que faz e não faz. E os usuários do Banco, como eu, fiquem mais atentos e exigentes com o atendimento daquela bodega.

Edmar Apior disse...

Eu estou revoltado aé com os tamboretes que dirá com os bancos.