quarta-feira, 15 de julho de 2009

Mineral ou monera!

Mineral sobre empréstimo: ‘Votei contra para manter minha palavra’ O deputado Antônio Mineral, o único a votar contra o empréstimo do BNDES à Paraíba, afirmou que manteve a postura devido à palavra que já havia dado por todo o estado, de que esse empréstimo traria prejuízos à Paraíba.
***
Mineral é uma rocha e não se moveu um milímetro da sua posição, foi o único elemento que não mudou de reino. Resta saber se ele tomou uma decisão preciosa ou apenas foi contra a evolução natural.

3 comentários:

Anônimo disse...

Esse deputado é uma rocha mesmo é de ignorancia e semi analfabeto,não acerta uma conjugação verbal é um absurdo e uma vergonha para nós.

Pasquale Gundun disse...

Eu acho que tem um monte no mesmo níve.

Alberto Pagels disse...

Ah, a política na Paraíba, como é bela, o cara mantém uma postura que assumiu sem mesmo saber se traria benefícios ao Estado, manteve a postura apenas por politicagem, por ser de uma oposição que só toma cafezinho e não apita nada. Conheço de perto o jogo sujo da política, Arthur que era tão contra o emprestimo, de uma hora para a outra mudou de idéia e aprovou junto dos os demais deputados de oposição ao governo Maranhão. Porque será ? Ordens do Sobrinho? Vai saber né...Mas é assim, a politicagem impera e a Paraíba é quem se ferra