terça-feira, 12 de julho de 2011

Passando a mão na coroa!

Floricultura revende coroas de defuntos
Um suposto golpe está sendo praticado contra parentes de pessoas que estão sendo sepultadas no cemitério São João Batista em Sousa. Flores são reaproveitadas. As denúncias são de que floriculturas da cidade participam de um suposto esquema com pessoas que freqüentam diariamente o cemitério. As coroas colocadas nos túmulos logo após o sepultamento são revendidas clandestinamente e reutilizadas em outros velórios.
***
Esse é o famoso golpe saidinha de tumba. Nem a Inglaterra usou a mesma coroa tantas vezes assim. Velório em Sousa é um desrespeito a muitos mortos praticados pelos muito vivos. Na terra do Vale dos Dinossauros ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, eu não encontrarei uma coroa de flores sequer. Segundo os Titãs as flores de plástico não morrem, mas em Sousa roubar flor é natural..

Um comentário:

Alberto Pagels disse...

É uma opção sustentável, se a moda pega, vão alugar coroa de flores por hora.