quarta-feira, 6 de julho de 2011

Tal pai, tal filho!

Ministro dos Transportes não suporta denúncias e deixa o Governo Dilma
O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR-AM), deixou o cargo nesta quarta-feira (6) após denúncias sobre um suposto esquema de superfaturamento em obras envolvendo servidores da pasta. A crise se agravou nesta quarta após suspeitas de que o filho do ministro tenha enriquecido ilicitamente em razão do cargo do pai.
***
O Ministro dos transportes de verbas para a conta do filho pediu demissão, mas de acordo com ele quem pediu comissão foi o filho, mas em nome do pai. Ele disse que a comissão é sempre do seu filho, mas que todo dinheiro que o filho tem vem do nascimento, o Alfredo Nascimento. O governo Dilma tem se revelado uma administração bem católica, pois em tudo que faz alguém leva religiosamente um terço, dessa vez foi tudo em nome do pai, do filho e do espírito público.

Um comentário:

robertocarloscosta disse...

Kkkkkkk - Tem hora que um NASCIMENTO é algo absolutamente indesejável, amigo... Rsss...