segunda-feira, 22 de março de 2010

Quando a vítima é o agressor, o agressor é a vítima.

(Foto: Walter Paparazzo)
Bandidos invadem festa, anunciam assalto e são espancados na Capital. Um morreu na hora!
Os bandidos foram surpreendidos por convidados que reagiram ao assalto no momento em que o único bandido que estava armado se posicionou do lado de fora do muro da casa. Alguns dos participantes da festa aproveitaram o vacilo do bandido, fecharam o portão e passaram a espancar os outros dois que ainda estavam dentro da residência recolhendo os produtos do roubo. Pelo menos um dos três criminosos, um adolescente de 15 anos, identificado como Alex Paulino, morreu na hora.
***
A população desse vilipendiado bairro, até quando mostrou sua Manaíra contra a violência, se utilizou de uma atitude pacificadora, pois deixou um dos assaltantes descansando em paz. A festa estava animada, mas quando os penetras chegaram rolou aquele clima sinistro e para não desanimar a galera soltou um pancadão, mas um pancadão de responsa mesmo, colocando os indesejados convidados para dançar. Era mão na cabeça, mão na linha da cintura e em pouco tempo um dos que dançavam botou a mão no joelho e deu uma abaixadinha. A festa tinha vários regabofes como rabada, buchada e muita lapada, mas até quem não estava na festa adorou o presunto servido friamente. 

Um comentário:

Maurício Immisch disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.